Anuncios Na Internet

Como anunciar, fazer marketing e propaganda na internet

Muitas pessoas me perguntam quanto custa anunciar na internet, qual o valor para fazer uma propaganda digital, ou quanto devo separar em meu orçamento mensal para que eu possa continuamente vender meus produtos e serviços de forma otimizada e gerenciada. Bom, vamos falar de todas estas coisas aqui neste artigo, mas, em primeiro lugar, quero dizer que não divulgarei “valores reais” praticados no mercado pois senão terei problemas com os meus concorrentes, que em muitos casos, praticam valores muito mais elevados que os meus. Portanto, caso queira conhecer os meus preços, solicite-nos um orçamento sem compromisso e teremos o maior prazer em atendê-lo. A primeira coisa que toda empresa que busca anunciar seus produtos e serviços na internet deve ter em mente é o velho e conhecido

ROI - quanto custa anunciar na internet

ROI – quanto custa anunciar na internet

cálculo de ROI (Return On Investment, ou em português, Retorno Sobre o Investimento). Falarei mais sobre isto posteriormente em outro artigo. Toda boa campanha de Marketing na Internet começa com um bom Planejamento, ou seja, a empresa precisa estabelecer suas metas de receita a serem alcançadas com a campanha, o quanto está disposta a investir financeiramente neste esforço, e principalmente, medir sua capacidade para atender a demanda de clientes após o sucesso de sua campanha. A beleza do Marketing Digital está justamente na capacidade que temos de mensurar todos os aspectos da campanha, desde a abrangência de alcance mediante o orçamento pré-estabelecido no inicio da campanha, quanto à efetividade dos resultados obtidos e a auto-avaliação do esforço feito ao final da campanha. Tendo em mente o quanto minha empresa pode gastar com uma campanha de marketing na internet, e já falando de valores, pode-se começar com menos de R$ 1.000,00 por mês para uma meta de receita de até 15 vezes mais do que o investimento… isto mesmo, ROI de 1500% em alguns casos mais agressivos. Dependendo da meta, a contratação da consultoria deve ser muito criteriosa, pois quanto mais agressiva, melhor a consultoria a ser prestada e muito maior o volume de trabalho a ser feito, consequentemente, o preço a ser pago será mais caro. E quais são os fatores a serem considerados nesta contratação de marketing digital?

1. Criação de um bom site com conteúdo relevante e atualizado em seu segmento de mercado


O primeiro custo a ser considerado em uma campanha de marketing digital, caso a empresa ainda não tenha pensado nisto, deve ser o da criação de uma página onde seus clientes chegarão a você e poderão ter a primeira impressão da sua empresa. Um cuidado especial deve ser dado a este momento, o qual chamamos de ˜momento da verdade” para o anuncio digital. Toda uma campanha de marketing digital pode ser posta por água abaixo se a “landing page” (página inicial), que seria a porta de entrada na internet para seu negócio, estiver com problemas. Na outra via, caso seja feita da maneira correta, o seu retorno sobre o investimento será altamente compensador. Aqui ainda não estamos falando da otimização desta página, mas somente do seu conteúdo, organização e visual.

2. Otimização de páginas para mecanismos de busca, também conhecido como SEO

A otimização de páginas para mecanismos de busca, como já falado em outro artigo meu sobre SEO, é altamente importante para o anunciante digital se o mesmo tem interesse em reduzir seus custos com publicidade paga no futuro. A “Busca Orgânica”, que é aquela cujos resultados são apresentados entre os  primeiros lugares nos mecanismos de busca de graça, isto mesmo, GRATIS, e que é o alvo de todo bom “marketeiro digital”, pois isto pode aumentar o ROI da campanha e deixar o anunciante com um belo sorriso no rosto por ver suas vendas aumentarem consideravelmente.

3. Presença nas Redes Sociais

Apesar da massificação e da prova notória de que as Mídias Sociais vieram para ficar e que arrastam multidões de pessoas assim como era a televisão na década de 80, ainda vemos algumas resistências dos empresários quanto o investimento de recursos (tempo, pessoas e dinheiro) para manter uma presença efetiva neste veículo de comunicação. Quero afirmar, com toda propriedade que, quem demorar mais neste posicionamento de formar eficiente e prática, amargará grandes prejuízos de tempo, pessoas e dinheiro, não por ironia do destino, mas por mera procastinação empresarial, e para o empresário experiente, sabe que em certas questões no mundo do negóicio, a procastinação empresarial é sinônimo de perdas e estagnação. Entendo que certos jargões no meio empresarial não passam de modismos e mecanismos dos próprios marketeiros para venderem o seu “peixe”, e isto é um fato. Porém, a ciência das Redes Sociais, em minha opinião, não é novidade e nem moda, mas sim, algo antigo que a tecnologia somente auxiliou na quebra das fronteiras físicas e consequentemente, trouxe o mundo para mais perto do cidadão comum. Neste sentido, as atuais redes sociais possuem seus métodos para captação de clientes assim como métodos de propaganda paga. Ambos possuem seu tempo e esforço que se traduzem em custos.

4. Propaganda em mecanismos de busca através de links patrocinados por palavras chave

Outra modalidade de divulgação da empresa perante os usuários da internet é a propaganda paga em mecanismos de busca, que por sinal, é a minha preferida e maior especialidade. Como já explicado em outro artigo denominado “Como fazer anuncios na internet usando sites de busca” escrito em 2004, quando o Google AdWords ainda era uma novidade e o Youtube ainda nem existia, o anuncio patrocinado em mecanismos de busca é a maneira mais rápida e eficiente de se divulgar qualquer coisa na internet. Os custos são muito acessíveis e controláveis. Existe um custo acessório, que eu recomendo que seja incorporado no orçamento para pequenas empresas que não possuem uma equipe completa de Marketing, que é a contratação de uma consultoria para monitoramento e otimização de campanha durante a sua existencia para que seja alcançado o maior número de vendas pelo menor custo possível.

5. Geração e atualização de conteúdo

Todas as áreas das empresas requerem “manutenção” para que continuem funcionando bem. Na internet não é diferente. Mas por algum motivo, parece-me que existe uma mentalidade formada entre os empresários de que para sites institucionais, o fato deles estarem ali, estáticos e prontos com todas as suas informações da empresa é o suficiente para que sua presença na internet esteja estabelecida. Não quero criticar este pensamento, até mesmo porque em partes, está correto. A presença é “estabelecida” no momento que o site existe. Porém, a presença pode ser “continuada” ou “esquecida”. Para que sua presença na internet não seja esquecida e que seus clientes possam sempre desejar retornar a adquirir os seus produtos ou serviços, é importante fazer o seu trabalho de casa em manter sua notoriedade e atratividade. Para isto, com uma simples e constante atualização de conteúdo, você já está fazendo um bom trabalho. Algumas outras formas são a de utilização de Mail Marketing e algumas inserções em outras mídias com o link para o seu site estampado nelas. Recomendo que esta área não seja negligenciada e que dentro de seu plano de marketing esteja contido um serviço de manutenção de páginas, mesmo que feito por seus funcionários internos.

6. Acompanhamento contínuo de resultados e aprimoramento contínuo da campanha

Finalmente, poderia ter colocado este tópico no item anterior, mas decidi separá-lo pela forma como deve ser conduzido este trabalho para que os custos com a campanha sejam os mais otimizados possíveis e não percamos dinheiro aqui. O acompanhamento ou monitoramento da campanha é a ponta do ciclo de Marketing Digital que retroalimenta todo o ciclo. Sem o devido acompanhamento, podemos estar perdendo oportunidades para alçar maiores retornos em vendas e não acompanharmos as mudanças comuns que o mercado faz. Isto também pode ser traduzido em: manter-se à frente da concorrência!